Diferença entre tudo e qualquer coisa



Qualquer coisa contra tudo

Você já encontrou palavras que parecem semelhantes, mas têm significados e funções diferentes? Quando construir uma frase ou frase , você nunca ficou confuso sobre qual dessas palavras usar?



Bem, eu fiz, e em meu trabalho atual como escritor, preciso ser capaz de distinguir as diferenças nas palavras. É muito importante para mim usar cada palavra em seu contexto certo, ou nunca serei capaz de me tornar um bom escritor.



Existem palavras que têm o mesmo som e podem até significar o mesmo, mas diferem na forma como podem ser usadas em uma frase ou sentença. Existem também algumas palavras que podem se referir a muitas coisas diferentes e que podem ter usos diferentes.

Considere o caso das palavras 'qualquer coisa' e 'tudo', por exemplo. Ambos são pronomes usados ​​para se referir a algo. Eles se parecem muito em ortografia e som, mas são duas palavras diferentes com significados e usos diferentes.

'Tudo' se refere a todas as coisas que existem. Todos os objetos, visíveis ou invisíveis, são parte de tudo. Mesmo 'nada' faz parte de tudo. É um pouco confuso, certo? Bem, então deixe-me colocar desta forma. Quando você transmite uma mensagem por meio de uma conversa ou escrita, você usa 'tudo' para se referir a todas as coisas que são importantes sobre o assunto. Não há limite para 'tudo'. Mesmo aqueles que são apenas especulações como outros universos e mundos diferentes daquele em que vivemos seriam partes de tudo, caso existissem.



'Qualquer coisa, por outro lado, é usada para se referir a qualquer uma das coisas que são sobre o assunto. Refere-se a qualquer parte de uma coisa inteira, entidade inteira ou uma ideia inteira. Pode ser um, todos ou parte da quantidade ou extensão de uma coisa. Eles se referem a coisas diferentes e, em frases e sentenças, são usados ​​em um contexto diferente.

‘Tudo’ e ‘qualquer coisa’, portanto, nunca podem ser trocados. Aqui está uma ilustração de como 'tudo' e 'qualquer coisa' deve ser usado em uma frase:

Modo de usar correto: Eu não preciso de nada porque eu já tenho
tudo.
Uso errado: Eu não preciso de tudo porque eu já tenho
qualquer coisa.



TA primeira frase é a correta e soa bem, enquanto a segunda frase está fora de contexto.

Resumo:

1. 'Tudo' é usado para se referir a todas as coisas que existem, incluindo todos os que têm corpos físicos e aqueles que são objetos abstratos, enquanto 'qualquer coisa' é usado para se referir a qualquer uma das coisas sobre um objeto, uma entidade ou uma ideia.
2. 'Tudo' é usado para se referir a todas as coisas sobre a coisa toda, entidade ou ideia, enquanto 'qualquer coisa' é usado para se referir a uma parte de um todo ou a extensão de uma coisa.
3. 'Tudo' é usado quando você está se referindo a todas as coisas, enquanto 'qualquer coisa' é usado quando você está se referindo a apenas qualquer uma das coisas que você está falando.

Publicações Populares

Missão do General Maxwell Taylor no Vietnã

A tentativa de resposta do presidente John F. Kennedy ao relatório do general Maxwell Taylor teve consequências inesperadas para o curso da guerra.

Diferença entre israelitas e hebreus

Muitas vezes, as pessoas confundem os termos israelitas e hebreus. Assim, eles acabam trocando-os e usando um no lugar do outro, e falam sobre o

George Washington: Herói da Confederação

O custo da grandeza política, já foi dito, é ser forçado a fazer campanha muito depois de sua morte. Isso certamente é verdade para George Washington, cujo nome, imagem e legado foram apropriados pela Confederação.

Diferença entre recessão e inflação

Os termos recessão e inflação são muito comuns nas discussões econômicas. Embora tenhamos diferentes ciclos de negócios de contração, pico, expansão,

Diferença entre gorilas e humanos

Gorilas vs Humanos Gorilas são os maiores primatas vivos e pertencem a 2 espécies de Gorila Ocidental e ao Gorila Oriental. Os humanos são primatas, mas pertencem a

Como limpar seus brinquedos sexuais

Emily Morse explica exatamente como limpar brinquedos sexuais, incluindo os prós e os contras dos diferentes tipos de métodos de limpeza.