Diferença entre Federação e Confederação

Os termos federação e confederação referem-se a conceitos semelhantes - embora muito diferentes. Em uma confederação, os estados se unem para criar uma união frouxa (freqüentemente temporária) para questões de conveniência política, econômica ou administrativa. Dentro de uma confederação, os estados membros mantêm sua soberania e freqüentemente apontam uma autoridade central fraca para acelerar os assuntos burocráticos. Por outro lado, os estados ou províncias que ingressam em uma federação concordam em ceder parte de seus poderes e responder ao governo central, que tem o poder de fazer cumprir as leis e regulamentos. Em ambos os casos, estamos falando de uma união de países, estados ou províncias, mas os membros da confederação mantêm um grande grau de autonomia e independência - e podem (quase) livremente deixar a união quando assim o decidem - enquanto membros da uma federação deve respeitar a autoridade do governo central e manter poderes limitados.



O que é uma Federação?

Uma federação é um sistema político no qual os estados individuais se reúnem sob a proteção de uma autoridade central. A decisão de entrar em uma federação de estado pode ser voluntária, mas na maioria dos casos, é o resultado de um longo processo histórico ou da transformação de uma confederação (ou seja, acordo temporário e voluntário) em uma federação. O equilíbrio de poder entre os constituintes e o governo central é estabelecido em uma constituição escrita. As províncias e estados membros de uma federação não perdem totalmente o seu poder e podem gozar de um certo grau de independência. Os estados individuais podem manter leis, tradições e hábitos separados, mas o governo central tem autoridade sobre:



  • Questões de defesa e segurança;
  • Política estrangeira;
  • Relações internacionais e diplomacia;
  • Decisão de iniciar ou terminar uma guerra;
  • Moeda nacional; e
  • Militares.

Além disso, o governo central pode interferir nos aspectos jurídicos e econômicos dos estados / províncias membros. As políticas e regulamentos aprovados pelo governo central aplicam-se aos membros da federação - de acordo com as disposições estabelecidas na constituição - e os constituintes são legalmente obrigados a respeitar tais regulamentos.



As federações são bastante comuns hoje: os Estados Unidos, o Canadá e a Suíça são apenas alguns dos exemplos mais notórios, embora a Suíça tenha mantido o título de “confederação” (Confederação Helvética) mesmo depois de se tornar uma federação. Nos Estados Unidos, a federação é formada por 50 estados individuais, enquanto no Canadá e na Suíça as províncias estão unidas sob a proteção do governo central.

O que é uma confederação?

Uma confederação é um sistema de governança, no qual os constituintes (estados ou províncias) se reúnem por razões políticas, econômicas, de segurança ou administrativas. A entrada em uma confederação é inteiramente voluntária e depende do governo de cada estado individual - ou da autoridade local no caso das províncias. Uma vez ingressados ​​na confederação, os constituintes mantêm sua soberania e seus poderes (quase inteiramente), e não há um governo central superior e unificado. Dependendo da estrutura da confederação, pode haver um órgão central fraco, nomeado por todos os constituintes, criado para agilizar os processos burocráticos e facilitar a comunicação. Em uma confederação não há:

  • Orçamento unitário;
  • Militares comuns;
  • Estratégia de política externa comum;
  • Representantes diplomáticos comuns; e
  • Sistema jurídico comum.



Os Estados Unidos começaram como confederação e mais tarde se transformaram em federação quando a constituição foi criada, assinada e ratificada por todos os membros. O conceito de confederação é semelhante aos princípios dos organismos internacionais. Por exemplo, a União Europeia tem uma estrutura semelhante, embora não seja oficialmente definida como tal, em particular porque existem documentos juridicamente vinculativos que impedem os estados de entrar e sair da união como quiserem. A União Europeia é formada por vários países que voluntariamente decidiram abdicar de parte da sua independência - mas mantendo a sua soberania - para criar um organismo internacional e apresentar uma frente única à escala internacional. Todas as organizações governamentais internacionais - como as Nações Unidas - seguem o conceito de confederação. Os Estados decidem criar uma união, mas mantêm seu poder e só estão sujeitos às leis e normas internacionais se decidirem ratificar tratados e convênios.

Semelhanças entre Federação e Confederação

Apesar de suas diferenças naturais, federação e confederação têm alguns aspectos em comum:

  1. Em ambos os casos, vários estados, países ou províncias se unem para criar uma nova entidade para questões de conveniência política, econômica e de segurança. Federações e confederações só existem se houver um acordo comum entre os constituintes. Na verdade, os membros precisam adotar uma constituição comum para se tornarem parte da federação, ao passo que entrar em uma confederação não é obrigatório; e
  2. Em ambos os casos, fazer parte da federação ou da confederação deve beneficiar os estados membros. No primeiro caso, os constituintes abrem mão de parte de sua soberania para receber proteção, segurança e vantagens econômicas ou políticas. No segundo caso, estados e províncias entram na confederação para criar uma entidade mais forte e desfrutar de vantagens administrativas e econômicas sem perder poder ou autoridade.

Diferença entre Federação e Confederação

Federação e confederação são acordos políticos e estratégicos entre países ou províncias, criados para permitir que os constituintes gozem de benefícios políticos e econômicos. Apesar de algumas semelhanças, os dois conceitos são bastante diferentes:

  1. As confederações eram muito populares na Grécia antiga e durante a Idade Média, mas não há muitos exemplos de confederações existentes. As organizações internacionais têm uma estrutura semelhante, mas têm tratados legais e mecanismos de fiscalização, enquanto as confederações eram acordos frouxos sem constituição escrita. Por outro lado, as federações são mais comuns hoje, e muitas confederações formadas há séculos evoluíram para federações;
  2. Os poderes e responsabilidades da autoridade central variam muito entre os dois. Em primeiro lugar, não existe um governo central como tal em uma confederação, mas sim um órgão fraco eleito pelos estados membros, enquanto o governo federal tem grande poder e influência sobre os constituintes. Em uma confederação, o governo central não tem poderde fato,e só existe para facilitar o processo de tomada de decisão e agilizar a comunicação. Por outro lado, quando os estados se unem para criar uma federação, eles criam um novo estado-nação, com um governo central funcional e poderoso. Os constituintes perdem parte de sua autonomia e autoridade, e o governo central adquire a capacidade de tomar decisões em matéria de segurança nacional, militar, política externa e diplomacia; e
  3. Os laços entre estados e províncias são muito mais fortes no caso da federação. De fato, em uma confederação, os estados concordam em se unir para vários fins, mas não estão legalmente vinculados e podem tecnicamente apoiar ou sair da confederação quando quiserem (dependendo do tipo de confederação). Por outro lado, em uma federação, existem acordos legais vinculativos que impedem os estados de deixar a união. As relações entre os estados de uma federação são mais fortes à medida que as diferentes entidades se unem para criar um novo estado-nação.

Federação vs Confederação



Ser parte de uma federação ou confederação tem implicações diferentes para os estados membros. No primeiro caso, os constituintes abrem mão de parte de seu poder e soberania - enquanto mantêm a capacidade de tomar algumas decisões independentes - enquanto, no segundo caso, os estados individuais mantêm o controle sobre seus territórios e cidadãos. Com base nas diferenças delineadas na seção anterior, podemos identificar alguns outros aspectos que diferenciam os dois sistemas políticos.

Federação e Confederação: Gráfico de Comparação

Federação VERSUS Confederação

Resumo da Federação e Confederação

A confederação e a federação são dois sistemas de governo em que estados ou províncias se reúnem por razões políticas, econômicas, sociais ou de segurança. Embora muitas vezes sejam confundidos, eles são bastante diferentes. Em uma confederação, não há um novo governo central e os constituintes mantêm sua autonomia, independência e soberania. Por outro lado, os membros de uma federação estão sujeitos às leis e regulamentos criados pelo governo federal, embora mantenham um certo grau de autonomia. Hoje, o número de confederações existentes é limitado, enquanto o número de federações é bastante elevado. A principal diferença entre os dois é a constituição (ausente no caso de uma confederação), que cria laços jurídicos entre os estados membros e estabelece o equilíbrio de poder entre as autoridades centrais e locais.

Publicações Populares

Diferença entre taxa de rejeição e taxa de saída no Google Analytics

No que diz respeito aos aplicativos de análise, o Google Analytics é provavelmente um dos softwares de análise da web mais populares e sofisticados do mercado atualmente. Rede

Diferença entre alpaca e lama

Alpaca vs. Llama Alpacas e lhama pertencem à mesma família Camelidae. Os dois foram rastreados desde o período Inca. Embora alpacas e lhamas pertençam ao

Diferença entre agorafobia e fobia social

Agorafobia vs Fobia social Agorafobia e fobia social estão distantes em ambientes públicos. Esses dois distúrbios estão intimamente relacionados, o que torna difícil distinguir um

Diferença entre gerente e administrador

Para que um escritório ou empresa funcione sem problemas e tenha um bom desempenho, as tarefas e funções devem ser divididas de maneira organizada e precisa. Em pequenos escritórios e familiares

Diferença entre Spear Phishing e Whaling

Os cibercriminosos frequentemente realizam ataques de fraude por e-mail altamente direcionados para comprometer corporações e instituições financeiras em todo o mundo. Esses ataques

Pensando fora da gôndola

Um pouco mais de dois anos após o altamente divulgado salto de pára-quedas de Felix Baumgartner da gôndola Red Bull Stratos a 128.100 pés em 14 de outubro,