Diferença entre sentimentos e sentimentos

Sentimentos e sentimentos



Qual é a diferença entre 'sentimentos' e 'sentimento'? Ambas as palavras são usadas em conexão com emoções e expressão de emoções. As emoções são reações fisiológicas e mentais que afetam o pensamento e o comportamento de uma pessoa. 'Sentimentos' e 'sentimento' podem ser considerados sinônimos de acordo com alguns dicionários. Uma pessoa pode até falar sobre seus 'sentimentos' e 'sentimentos' de forma intercambiável. Há uma ligeira diferença no uso correto de cada palavra e no significado exato de cada palavra.



Quando uma pessoa fala sobre seus sentimentos, está se referindo ao seu estado emocional geral ou às reações a alguém ou a alguma coisa. Os sentimentos são o nível de sensibilidade ou suscetibilidade de uma pessoa a impressões boas ou ruins. Os sentimentos de uma pessoa também se relacionam com sua tendência de ficar chateado com coisas feitas ou ditas. Por exemplo: Minha esposa está sempre falando sobre seus sentimentos. Muitas vezes as pessoas se referem aos seus 'sentimentos de estarem feridos' como uma expressão de estar chateado com algo. Por exemplo: ela magoou meus sentimentos quando disse aquelas coisas ruins para mim.

Um 'sentimento' é uma emoção, atitude ou opinião específica. Muitas vezes, refere-se a uma expressão emocional de amor, simpatia, bondade ou outro forte sentimento positivo. Por exemplo: O cartão de felicitações que minha mãe enviou tinha um sentimento muito bom escrito nele. Também pode significar uma sensibilidade mais refinada ou delicada, especialmente quando expressa em um sentido artístico. Por exemplo: A famosa obra de arte mostrou muito sentimento. Finalmente, 'sentimento' pode ser usado em um sentido negativo, como excessivamente romântico ou nostálgico. Por exemplo: suas palavras estavam repletas de absurdos românticos e sentimentos tolos. Este significado da palavra 'sentimento' é de onde vem a palavra 'sentimental'. Por exemplo: o filme foi um olhar sentimental sobre a relação entre um pai e um filho.



Portanto, pode-se dizer que 'sentimentos' são termos gerais sobre as emoções de uma pessoa, enquanto 'sentimento' é um sentimento específico ou o sentimento por trás de algo. Essa diferença dita o uso de cada palavra. Portanto, poderia ser dito corretamente por alguém: “O sentimento com que ela falou tocou meus sentimentos”. Este exemplo ilustra como as palavras podem ser usadas corretamente ao falar sobre as emoções de alguém.

No entanto, deve-se notar que às vezes essas palavras podem ser usadas indistintamente por falantes nativos de inglês ao falar sobre 'sentimentos' ou 'sentimentos' e significando apenas os pensamentos ou atitudes de uma pessoa. É correto dizer: “Exatamente meus sentimentos”. ou 'Meus sentimentos também.' concordar com alguém e sua maneira de pensar. Nesse sentido, as palavras não são usadas para falar sobre emoções fortes, apenas pensamentos ou opiniões específicas.

Publicações Populares

Nogales: uma cidade fronteiriça dividida contra si mesma

Em 1918, os residentes da cidade de Nogales, na fronteira dos Estados Unidos com o México, entraram em guerra entre si



Diferença entre método de aquisição e método de compra

Método de aquisição versus método de compra O método de aquisição e o método de compra são processos contábeis que são quase os mesmos em todos os aspectos. Os princípios

Como a Força Aérea Alemã foi reconstruída após a Segunda Guerra Mundial

No rescaldo da Segunda Guerra Mundial, a Alemanha recorreu a ex-oficiais da Luftwaffe para reconstruir sua força aérea sob a OTAN e ajudar a conter a ameaça soviética.

Diferença entre Adderall e Metanfetamina

ADDERALL vs METHAMPHETAMINE Adderall e Metanphetamine são drogas com alto potencial de abuso. Embora seja usado como medicamento sob prescrição em alguns casos,

Diferença entre xilofone e vibrafone

Xilofone vs Vibrafone O vibrafone também é chamado de vibraharp ou vibrações. Este instrumento musical parece xilofone ou marimba, mas usa um diferente

Salvamento de cabeça para baixo

Wall Street salvou os federais quando J.P. Morgan salvou o Tesouro dos EUA do colapso em 1895.