Diferença entre comércio livre e comércio justo

A globalização teve um grande impacto na capacidade do governo de regular a vida econômica em sua jurisdição. As cadeias de abastecimento globais tornaram-se mais amplas e as jurisdições nas quais os produtos são comprados e usava mudaram constantemente. A produção de bens também é separada do consumo. Isso tem visto a regulamentação das atividades comerciais principalmente por meio comércio livre e comércio justo.



O que é um comércio livre?

O livre comércio envolve acordos bilaterais entre países que permitem a exportação e importação irrestritas de bens. Enquanto o livre comércio aumenta a eficiência dos mercados globais, aumentando o crescimento econômico enquanto além de tornar os produtos mais baratos, tem seu lado negativo. As mercadorias podem ficar mais baratas devido a certas infrações comerciais, como o uso de mão de obra barata.



Muitos defensores do livre comércio defendem a eliminação de tarifas e subsídios e também se opõem a regulamentos e restrições que os impedem de participar de certas atividades.

O que é um comércio justo?

O comércio justo é uma parceria comercial que se baseia no diálogo, na transparência e no respeito, e tem como objetivo principal buscar maior equidade no comércio internacional. Visa oferecer melhores condições de comércio e também garantir os direitos dos grupos marginalizados, oferecendo melhores salários, condições de trabalho padronizadas e também protegendo as questões do trabalho infantil.



Este tipo de comércio tenta regular o comércio com base em preocupações sobre violações que podem ocorrer no comércio com determinados países. As violações podem ser condições ambientais, violação de direitos humanos e leis trabalhistas. Os comerciantes justos expressam sua preocupação por meio de ações privadas, como boicotes a produtos feitos com trabalho infantil, e por meio de regulamentação governamental.

Semelhanças entre o comércio livre e o comércio justo

  • Ambos visam aumentar a riqueza globalmente. Por exemplo, o livre comércio protege os comerciantes contra a concorrência prejudicial, enquanto feira comercial visa manter as barreiras tarifárias para proteger os produtores.
  • Ambos são regulados por certos jogadores. O comércio livre é regulado pelo governo, enquanto o comércio justo é regulado por pequenas empresas e comunidades.

Diferenças entre o comércio livre e o comércio justo

  1. Objetivo

O principal objetivo do livre comércio é aumentar o crescimento de uma nação. No entanto, o principal objetivo do comércio justo é empoderar os marginalizados grupos de pessoas nas comunidades, melhorando também suas vidas.



  1. Teoria Econômica

De acordo com os economistas, o livre comércio fornece a menor quantidade de despesas indiretas no processo de produção, portanto, preços mais baixos que não são regulados pelo governo. O comércio justo, por outro lado, inclui o preço adicional do trabalho justo; portanto, os produtos e serviços são mais caros.

  1. Regulamentos Comerciais

No comércio livre, existem poucos regulamentos para a troca de bens e serviços através das fronteiras. O livre comércio entre países, na maioria dos casos, não tem subsídios, tarifas, cotas ou regulamentos. No comércio justo, entretanto, as empresas trabalham lado a lado com os grupos marginalizados, garantindo assim condições favoráveis ​​em termos de condições de trabalho e fatores ambientais sejam atendidas.

  1. Beneficiários

O comércio livre beneficia principalmente as empresas da indústria de exportação e importação. O comércio justo, no entanto, beneficia os proprietários de negócios de pequena escala nas comunidades cuja capacidade social e econômica é limitada.

  1. Foco

O comércio livre se concentra nas políticas comerciais entre países, enquanto o comércio justo se concentra no comércio entre indivíduos e empresas.

  1. Jogadores Principais

O livre comércio envolve principalmente negociações bilaterais entre países; portanto, o governo está mais envolvido. O comércio justo, por outro lado, envolve Pequenos negócios comerciantes e as comunidades.

  1. Impacto

O livre comércio cria mudanças por meio do mercado e das políticas governamentais, enquanto o comércio justo cria mudanças por meio comunidade melhoria.

Livre comércio vs. Comércio justo: gráfico de comparação

Comércio livre versus comércio justo: resumo

Com as diferenças destacadas acima, o comércio justo é melhor do que o comércio livre. Isso porque o comércio justo visa produzir um produto sem a exploração da mão de obra e do meio ambiente. O livre comércio, entretanto, visa gerar mais lucro, independentemente dos métodos de produção. Uma economia próspera pode ser alcançada idealmente pela coexistência de comércio livre e justo.

Publicações Populares

Diferença entre gota e fascite plantar

O que é gota? Definição de gota: a gota é um distúrbio em que há excesso de ácido úrico (hiperuricemia) no corpo, resultando em cristais de ácido úrico

Diferença entre Nucleoplasma e Citoplasma

Nucleoplasma vs Citoplasma Para entender a diferença básica entre nucleoplasma e citoplasma, você também precisa ter um conhecimento básico do

Diferença entre número ABA e número de roteamento

A American Banking Association desenvolveu um método para facilitar a classificação, agrupamento e identificação de cheques, bem como localizar o financeiro

Diferença entre melodia e harmonia

Melodia vs Harmonia Quando alguém ouve uma música no rádio, muitas vezes não pensamos em separar a melodia da harmonia e comparar qual das duas é mais forte.

Diferença entre tylenol (paracetamol) e aspirina

Tylenol (paracetamol) vs Aspirina A geração atual está extremamente acostumada a tomar comprimidos para todas as doenças menores. Os medicamentos podem causar mais danos do que benefícios

Diferença entre Hadoop e Teradata

Agora, mais do que nunca, a tecnologia desempenha um papel central em todo o processo de como coletamos e usamos os dados. A tecnologia mudou a forma como os dados são produzidos,