Diferença entre religião e superstição

Diferença entre religião e superstição

Teorias e fatos sobre religião e superstição realmente foram disputados desde que essas duas palavras foram cunhadas. Alguns podem dizer que o outro é mais confiável, enquanto o outro não. Outros podem provar o outro como verdade, enquanto o outro uma mentira. No entanto, este artigo não é para provar e refutar, mas para dar uma lista de diferenças entre os dois. Como a religião realmente difere da superstição e vice-versa? Eles estão conectados ou não? Continue lendo e descubra a resposta para essas perguntas.



RELIGIÃO COMO DEFINIDA

Religião é a ação recíproca que acontece entre diferentes grupos culturais de determinados valores, disposições, normas, pontos de vista sobre vários conceitos de certo e errado. A religião, por assim dizer, conecta as pessoas a qualquer coisa que nem mesmo as leis da natureza podem explicar. Qual poderia ser essa conexão estimulada pela religião? É seu conjunto de crenças e práticas que é considerado a resposta e, mais importante, o conforto para as lutas e aflições dos homens durante toda a vida no reino físico.



Pessoas que seguem religiões conhecidas como 'religiosos' acreditame adoração o Deusouparaird porque para eles, este é o propósito da religião na cultura e na sociedade dos humanos. Além disso, sociologistas estudaram que os religiosos aceitaram não apenas o sistema de crenças, mas também a moralidade coletiva ao lado da estabilidade e ordem social. Algumas das maiores religiões do mundo moderno incluem budismo , Protestantismo, Catolicismo Romano, Judaísmo, Hinduísmo , islamismo e muitos mais. Essas religiões têm o objetivo de elevar a comunhão na sociedade.

SUPERSTIÇÃO CONFORME DEFINIDO

Enquanto a religião se concentra na crença de um ser supremo chamado Deus ou deus, a superstição se concentra nos fenômenos sobrenaturais deste mundo. As pessoas que seguem superstições conhecidas como “supersticiosas” criaram um conjunto de crenças e práticas durante a era antiga e passaram isso de uma geração para outra. Devido a esse processo de socialização estabelecido há muitos anos, tem sido difícil eliminar superstições da cultura humana, apesar dos avanços e avanços da ciência e da tecnologia. Crença em feitiçaria, bruxaria, seres paranormais; e outras tradições, como evitar o ajuste do vestido de noiva antes do dia do casamento, azar trazido por ver um gato preto e afastar os espíritos malignos fazendo barulho à meia-noite no dia de Ano Novo, tornaram-se parte da tradição de várias sociedades com muita fé nas superstições.



PRINCIPAIS DIFERENÇAS

Não houve nenhuma conexão concreta entre religião e superstição, uma vez que uma pessoa pode ser religiosa sem realmente ser supersticiosa; e isso também significa ser supersticioso sem realmente ser religioso. As pessoas podem ir à igreja para comunhão e outras atividades todas as vezes, sem se importar com o estranho batendo em suas costas, o que significaria perigo para alguns. Por outro lado, as pessoas que da mesma forma julgam e rejeitam qualquer sistema religioso podem até mesmo prestar atenção ou evitar fazer certos compromissos na sexta-feira, dia 13, porque têm medo da chamada sorte desfavorável para atrapalhar suas boas intenções.

Na maioria das vezes, senão sempre, nenhum dos dois geralmente resulta para o sistema oposto; portanto, é fácil concordar que religião e superstição realmente se contrastam. A superstição sempre foi considerada irracional, imatura e arcaica devido à falta de evidências e padrões aceitos para a atualidade. Por outro lado, a religião tem sido altamente honrada como base para a vida devido ao seu alicerce moral estabelecido que orienta as pessoas na decisão sobre o que devem realizar.

Diferença entre religião e superstição-1



A religião é considerada uma poderosa influência espiritual que capacita e mantém as pessoas no caminho certo, mesmo nos momentos mais difíceis. Libera as pessoas ajudando-as a ampliar seus horizontes, sendo gentis e compassivos com a humanidade. Ele apóia a raça humana em todas as esferas da vida. As pessoas vivem nos dias modernos chamados de era da ciência e mesmo neste período, as pessoas foram inspiradas pela religião da qual a ciência nunca pode tirar o melhor. A religião não entra em conflito com a forma como a ciência simplifica a vida moderna. Ele testou e comprovou costumes e julgamentos que facilitam os desejos mais profundos e sinceros da humanidade. É por isso que é impossível para uma sociedade prosperar na ausência de religião.

Ao contrário, acredita-se que a superstição carece da mesma força convincente e libertadora da religião porque suas práticas e crenças aterrorizam as pessoas quando desfeitas. As superstições geram um tipo de atitude pessimista que pode arrastar as pessoas na realização de suas ambições. Isso faz com que as pessoas desconfiem e tenham a mente fechada em relação às coisas que acontecem ao seu redor. Enquanto a religião sobrevive mesmo na modernização e não é destruída pela ciência, a superstição vive apenas no período sombrio da humanidade. É facilmente destruído pela ciência, uma vez que desaparece em tempos de racionalidade quando tudo tem que fazer sentido. A superstição leva as pessoas a acreditar que seu mau destino é causado pela presença dos sobrenaturais neste mundo. Enquanto a religião é considerada sensata, a superstição é vista como um produto da ignorância.

A objetividade é uma das muitas coisas que distinguem a religião da superstição. Muitas pessoas acreditam que a religião é mais confiável e sagrada do que a superstição. A superstição é considerada inválida por sua falta de razão, enquanto a religião é criticada como um sistema que disfarça a superstição para constituir reverência e santidade. Embora possa ser o caso, a sociedade moderna exige racionalidade e a superstição não fornece isso ao contrário da religião. Haverá aquele ponto de virada em que as pessoas que viveram suas vidas dependendo da superstição devem começar a buscar a maturidade e aceitar a realidade de que podem viver uma vida livre do medo.

A superstição é caprichosa, pois se acredita que uma coisa leva à ocorrência de outra instância. Uma pessoa pode confiar que sua camisa branca o tornou bem-sucedido na realização de seu trabalho, mas nunca há uma maneira lógica de justificar esse fenômeno. Na religião, por um lado, os seguidores podem oferecer uma oração e jejum por uma pessoa doente. No entanto, podemos dizer que uma oração não pode curar clinicamente uma doença, apenas um milagre provocado por uma petição ao ser superior pode fazê-lo. Como o filósofo escocês David Hume disse certa vez: “O milagre viola a lei da natureza”. Com isso, alguns podem dizer que a religião nada mais é do que uma superstição por causa do conceito de milagre provocado pela fé; mas esse é um caminho difícil de trilhar, uma vez que existem realmente questões que têm sido muito difíceis de explicar quando se trata da violação sobrenatural da lei da natureza.

Em conclusão, a religião leva as pessoas a um caminho de vida que é substancial e razoável e não deve ser apenas descartada como algum tipo de outro grupo dissimulado de superstições. A religião ajuda principalmente as pessoas a se concentrarem em viver uma vida que é libertadora, enquanto a superstição coloca todos dentro da caixa, desprovida dos prazeres do mundo por causa de uma vida vivida na ansiedade. Escolha a liberdade e lute contra o medo. A escolha está em suas mãos.

Publicações Populares

Diferença entre Blackberry Bold e iPhone

Blackberry Bold vs iPhone O Blackberry Bold é uma das ofertas de smartphones mais proeminentes da Research In Motion ou RIM. É bastante famoso por seu

Diferença entre varredura óssea e ressonância magnética

Cintilografia óssea versus ressonância magnética A cintilografia óssea é um tipo de teste conhecido como exame de varredura nuclear, que verifica as áreas de crescimento e ruptura óssea. O

Diferença entre iPad e Archos

iPad vs Archos Um possível concorrente do iPad é o tablet da Internet da Archos. É muito semelhante ao iPad em termos de aparência e funcionalidades, mas difere

Diferença entre objetivos e estratégias

Metas x estratégias Cada empresa, na verdade cada indivíduo, deve ter uma meta para ter sucesso. Envolve ter que definir um certo padrão ou nível que

Tomcatting: Por que o Grumman F-14 nunca correspondeu à sua reputação

As tripulações e recrutadores da Marinha dos EUA adoraram o Grumman F-14 Tomcat, mas uma análise cuidadosa de seu registro sugere que a montaria Top Gun não era tudo o que deveria ser.

Diferença entre viscosidade cinemática e dinâmica

Viscosidade Cinemática vs Dinâmica Cada tipo de fluido possui diferentes quantidades de resistências contra deformação. A medida dessa resistência é chamada