Diferença entre sinal e símbolo

Ambos os sinais e símbolos são apresentações gráficas, mas as pessoas costumam usá-los de forma intercambiável. A principal diferença entre os dois é que um signo é uma linguagem própria e é usava comunicar algo às pessoas. É um termo mais amplo e o símbolo vem abaixo dele.

Características principais de um sinal

Um sinal é uma linguagem em si mesma e seu significado universalmente compartilhado por pessoas pertencentes a uma localização geográfica específica. Por exemplo, um sinal é usado principalmente para alertar as pessoas, informá-las ou para regular sua conduta em determinadas situações. É obrigatório seguir um sinal, pois ele está comunicando informações vitais com você. Por exemplo, ao dirigir um semáforo vermelho diz para você parar ou sinal de NÃO ENTRE ou NÃO ESTACIONE ou estacionamento HANDICAP etc.



Diferença entre sinal e símbolo

Sinal de acesso para deficientes



Um signo é de natureza descritiva e representa algo. Na maioria dos casos, quando um sinal é colocado em algum lugar, ele está se comunicando diretamente com o público-alvo e eles devem seguir o que significa. Muitos sinais geralmente têm um significado universal compartilhado por pessoas de várias origens.

Principais características de um símbolo

Um símbolo é algo que é aceito por certo grupo de pessoas ou população em geral. Pode ser interpretado de maneira diferente por pessoas de diferentes origens. Uma cruz é um exemplo de símbolo universalmente aceito como representante do Cristianismo. Outros exemplos são botões de desligar, WiFi e símbolo de polegar para cima.



Resumo das diferenças entre um signo e um símbolo

Significado

  • Um signo é uma forma de linguagem por si só e destina-se especificamente a comunicar certas informações. Os sinais são geralmente informativos, regulamentares, de advertência ou proibitivos. Um sinal deve ser seguido como está.
  • O símbolo é uma forma de signo que pode ter um significado profundo. Pode ser interpretado de maneiras diferentes, uma vez que seu significado pode não ser universalmente compartilhado por pessoas diferentes.

Tabela que mostra as diferenças entre um sinal e um símbolo

Placa Símbolo
Um signo é uma forma de linguagem de natureza descritiva. ex. Sinais de trânsito (NÃO ENTRE) Um símbolo representa algo que é aceito por certas áreas subjetivas. Um exemplo de símbolo pode ser uma letra ou letras representando um elemento químico ou um caractere em musical notação. Símbolo de cultos ou grupos religiosos.
Um sinal pode representar algo e pode ser obrigatório ser seguido. Só maio alvo determinado grupo de pessoas. Pode ser interpretado de maneira diferente por pessoas diferentes.

Conclusão

Acima e acima, pode-se observar que signo e símbolo não são sinônimos. A principal diferença entre os dois é que um sinal é uma forma de linguagem que se comunica diretamente com o público-alvo.



Sinal também pode significar o uso de gestos para transmitir informações ou instruções.

Em contraste, um símbolo é uma representação convencional de um objeto, função ou processo.

Publicações Populares

Moshe Dayan soa o alarme no Vietnã

Em uma viagem de 1966 ao Vietnã, o lendário líder militar israelense chegou a algumas conclusões impressionantes sobre a estratégia de guerra dos EUA

Diferença entre ultrassom e ressonância magnética

Utrasound vs MRI Ultrasound e MRI (Magnetic Resonance Imaging) são dois dispositivos na medicina que são usados ​​para fornecer aos pacientes um diagnóstico válido. Ressonância magnética usa

Diferença entre menopausa e pós-menopausa

A menopausa é a condição que começa 12 meses após a mulher apresentar seu último período menstrual. A gravidez é a condição que começa quando a mulher está

Diferença entre Amoxicilina e Penicilina

Amoxicilina versus penicilina Um dos avanços mais importantes na medicina foi o desenvolvimento do antibiótico. Um antibiótico é um medicamento que

Diferença entre ética empresarial e responsabilidade social

Ética empresarial x responsabilidade social Os negócios visam obter o máximo de lucros para seus proprietários e acionistas. No entanto, isso não significa que eles podem fazer

Diferença entre iCloud e Google Drive

O armazenamento em nuvem se tornou bastante comum nos dias de hoje e mais econômico do que os métodos convencionais de armazenamento local. Ex-vice-presidente sênior da Microsoft