Diferença entre esterilização e sanitização

O que é esterilização?

Definição:

Esterilização é o processo no qual todos os microrganismos são inativados ou eliminados imediatamente. Envolve o uso de temperaturas, vários produtos químicos ou gases para destruir micróbios que podem causar contaminação ou doenças.

Métodos:



Existem várias maneiras de esterilizar superfícies e equipamentos com sucesso. Steam é uma forma popular, mas não pode ser usava para itens sensíveis ao calor. Nesses casos, outros métodos precisam ser usados, como ozônio, gás de óxido de etileno ou produtos químicos líquidos. A autoclave pode ser usado para equipamentos que não sejam sensíveis ao calor. Este instrumento usa uma combinação de alta temperatura e pressão para matar micróbios. O gás de óxido de etileno tem a desvantagem de ser prejudicial às pessoas, por isso o método da autoclave é usado tanto quanto possível.



O que é esterilizado:

Muitos equipamentos médicos precisam ser esterilizados, incluindo cateteres cardíacos, implantes e quaisquer instrumentos usados ​​para realizar cirurgias. Sem esterilização o risco de infecção pode estar muito alto e os pacientes podem ficar muito doentes e até morrer.

Razões para esterilização:



Os procedimentos de esterilização são mais comumente encontrados em instalações médicas, como hospitais, onde é crucial que todos os micróbios sejam mortos. Isso ocorre porque os pacientes de hospitais já têm um sistema imunológico comprometido, o que os torna menos capazes de combater micróbios quando comparados a pessoas saudáveis.

Efeitos sobre os micróbios:

Quando os microrganismos são expostos ao vapor; as altas temperaturas atuam destruindo as proteínas das bactérias. Como as enzimas são proteínas, isso significa que todas as enzimas do micróbio são destruídas de forma que o organismo não pode sobreviver. As moléculas de ozônio matam bactérias e outros micróbios, destruindo a parede celular do organismo. Ele literalmente faz buracos na parede celular da célula bacteriana ou fúngica, o que causa a morte do micróbio. O gás óxido de etileno destrói o DNA e pode, dessa forma, impedir a reprodução dos micróbios; também pode destruir vírus e esporos. A pesquisa mostrou que é muito eficaz, por exemplo, na inativação do vírus da varíola e enterovírus.

O que é higienização?

Definição:



Sanitização é o processo pelo qual os microrganismos patogênicos são reduzidos em número para que não sejam mais prejudiciais; isso geralmente significa que mais de 99,99% dos micróbios precisam ser removidos das superfícies. Porém, alguns vírus e esporos não são afetados pela higienização. A higienização precisa ser feita com frequência suficiente para evitar o desenvolvimento de camadas espessas de bactérias (biofilmes).

Métodos:

As superfícies devem ser limpas primeiro, em seguida, um desinfetante deve ser aplicado. Vários produtos químicos podem ser usados ​​como agentes sanitizantes, incluindo produtos químicos que contêm dodecilbenzeno sulfonato. Produtos químicos como hipoclorito de cálcio e hipoclorito de sódio, cloro orgânico (dicloroisocianurato de sódio) e cloro gasoso podem ser usados. Diferentes produtos químicos têm vantagens e desvantagens. Os compostos quaternários de amônio também são muito bons como desinfetantes para superfícies e equipamentos. É importante que os indivíduos sigam as instruções cuidadosamente para que possam alcançar a redução desejada no número de micróbios. Ou seja, 99,99% dos micróbios devem ser reduzidos em meio minuto após a aplicação da substância.

O que é higienizado:

As superfícies usadas para preparar alimentos devem ser higienizadas com freqüência para reduzir o grau de contaminação microbiana. Isso é muito importante, pois os micróbios transmitidos por alimentos causam muitas doenças e mortes todos os anos.

Razões para higienização:



A higienização ajuda a evitar que as pessoas adoeçam com os micróbios transportados nos alimentos. Isso é importante, pois a contaminação cruzada de um alimento para outro pode ocorrer se as superfícies de preparação de alimentos não forem mantidas adequadamente higienizadas.

Efeitos sobre os micróbios:

Produtos químicos com hipoclorito presentes tendem a agir comprometendo gravemente a permeabilidade da membrana bacteriana. Eles também ajudam a destruir o material genético e as enzimas da célula bacteriana. Os esporos geralmente não são afetados porque têm uma pelagem forte. Os compostos quaternários de amônio também atuam impactando a membrana celular bacteriana, principalmente os fosfolipídios.

Diferença entre esterilização e sanitização

  1. Definição

A esterilização é o processo pelo qual todos os microrganismos são mortos ou inativados diretamente. Sanitização é o processo pelo qual o número de microrganismos é substancialmente reduzido, geralmente em 99,99%.

  1. Vírus e esporos

A esterilização irá inativar todos os esporos e vírus enquanto a sanitização não terá impacto sobre alguns vírus e esporos.

  1. Métodos

A esterilização pode ser realizada com vapor (altas pressões e temperaturas), gás de óxido de etileno, produtos químicos ou ozônio. A higienização pode ser realizada usando produtos químicos contendo substâncias como hipoclorito de sódio, hipoclorito de cálcio, cloro orgânico e dodecilbenzenossulfonato de sódio.

  1. Superfícies ou equipamentos

A esterilização é normalmente usada em superfícies e equipamentos médicos. A higienização é normalmente usada em superfícies e equipamentos usados ​​para preparar alimentos.

  1. Razões de uso

o esterilização O processo é usado com mais frequência em instalações médicas para ajudar a prevenir infecções em pacientes com sistema imunológico comprometido. O processo de higienização é usado na indústria de alimentos para reduzir a chance de pessoas adoecerem por causa de alimentos contaminados por superfícies e equipamentos que contêm muitos micróbios.

Tabela Comparando Esterilização e Sanitização

Sumário de Esterilização vs. Sanitização

  • A esterilização e a higienização são importantes, mas a esterilização mata e inativa todos os micróbios.
  • A esterilização e a higienização ajudam a evitar que as pessoas adoeçam.
  • O processo de esterilização é muito importante para uso em instalações médicas onde as pessoas têm um sistema imunológico comprometido.
  • O processo de sanitização é importante na indústria de alimentos para ajudar a manter as superfícies e equipamentos de preparação de alimentos limpos o suficiente para evitar que muitos micróbios cresçam e formem camadas espessas.
  • A higienização está mais preocupada em reduzir a quantidade de micróbios nas superfícies a números muito baixos.
  • Tanto a sanitização quanto a esterilização atacam vários componentes da própria célula microbiana para impedir a reprodução dos micróbios ou para matá-los e inativá-los diretamente.

Publicações Populares

Presentes de Natal para rapazes: ideias épicas para todos os homens da sua vida

Se você precisa de recheios de meia para o seu irmão, um bom livro para o papai ou algumas roupas novas para o seu namorado, você encontrará tudo o que ele deseja (mesmo que ele ainda não saiba) em nosso guia de presentes masculinos definitivo.

Segunda Guerra Mundial: quem é o rosto na ressaca na foto de Robert Capa em ‘Bloody Omaha’.

Por 60 anos, Hu Riley acreditou ser o soldado misterioso lutando contra as ondas na imagem icônica de Robert Capa em 'Bloody Omaha'. Há um bom caso a ser feito.

3 coisas que ele quer ouvir no primeiro encontro

Depois de ler vários posts na semana passada sobre os primeiros encontros e nervosismo nos primeiros encontros, achei que seria uma boa ideia dar algumas ideias sobre as coisas que os caras estão procurando em um primeiro encontro, especificamente, o que queremos ouvir.

Diferença entre rizatriptano e sumatriptano

Introdução Ataques repetidos de dores de cabeça que afetam principalmente um lado da cabeça, associados a outros sintomas, como náuseas e vômitos, são denominados como

Bombardeiro de torpedo Nakajima B5N do Japão

Embora desatualizado, o Nakajima B5N era o principal torpedeiro do Japão

Diferença entre Adderall e Metanfetamina

ADDERALL vs METHAMPHETAMINE Adderall e Metanphetamine são drogas com alto potencial de abuso. Embora seja usado como medicamento sob prescrição em alguns casos,