As diferenças entre o antigo Egito e a Mesopotâmia

640px-Egypt.Giza.Sphinx.02

Introdução

As antigas civilizações da Mesopotâmia e do Egito foram ambas facilitadas por rios que corriam em seu meio. O Eufrates, o Tigre e o Nilo depositaram lodo ao longo das margens dos rios, o que tornou as terras vizinhas extremamente férteis. Isso levou ao desenvolvimento de cidades como Ur e Eriku, na Mesopotâmia, e Tebas, no antigo Egito. No Egito, o Nilo servia como meio de transporte e também fornecia proteção contra os inimigos porque seus deltas pantanosos tornavam a invasão quase impossível. O Egito e a Mesopotâmia antigos, porém, tinham diferenças fundamentais na forma como suas sociedades eram governadas, bem como nos desenvolvimentos relativos à vida cultural e religiosa.

Diferenças entre o Egito Antigo e a Mesopotâmia

O Egito Antigo tinha uma estrutura política diferente da Mesopotâmia. No antigo Egito, o Faraó era considerado o representante dos deuses na terra. Os cidadãos do antigo Egito acreditavam que seu Faraó era um deus e evitavam olhar diretamente para o rosto dele, mesmo quando se dirigia a ele (Richards & Van Buren, 2000). A maioria dos nobres nomeados para cargos importantes no antigo Egito eram parentes do Faraó. Após sua morte, apenas um filho do Faraó poderia sucedê-lo. Na antiga Mesopotâmia, a sociedade consistia em estados regionais autônomos por dez séculos antes de Sargão, o Grande, ser proclamado rei em 2370 aC (Brisch et al., 2008). Os cidadãos da Mesopotâmia, entretanto, não consideravam o rei ou seus sucessores divinos. Na Mesopotâmia, a maioria dos escribas eram membros de famílias nobres e não parentes de reis governantes.



Outra grande diferença entre o antigo Egito e a Mesopotâmia tem a ver comreligiãoecultura. Na Mesopotâmia, as mulheres podiam obter licenças para participar do comércio e até mesmo administrar propriedades. No entanto, havia regras consagradas noCódigo de Hamurabio que os impedia de herdar propriedade após a morte de seus maridos (Suter & Croddy, 1983). No antigo Egito, porém, as mulheres podiam assumir um terço das propriedades de seus maridos quando se tornavam viúvas. O Egito antigo e a Mesopotâmia tinham culturas altamente evoluídas que apoiaram o desenvolvimento de estilos de escrita e línguas.



Na Mesopotâmia, os sumérios desenvolveram o sistema de escrita conhecido comocuneiformepara facilitar a preservação de registros (Richards & Van Buren, 2000). O cuneiforme, que era expresso em formas de torta, era escrito em tabuinhas de argila que seriam então expostas ao sol para secar. No antigo Egito, os escribas usavamhieróglifospara expressar ideias e conceitos. Essa linguagem tinha elementos alfabéticos e também logotipos (Richards & Van Buren, 2000).

No antigo Egito, como na Mesopotâmia, vários deuses e deusas eram adorados. Na Mesopotâmia, grandes edifícios chamadosziguratesserviram como templos onde os adoradores podiam fazer sacrifícios e orar (Connan, 1999). No antigo Egito, os templos eram estruturas semelhantes a casas comuns, onde os rituais eram frequentemente conduzidos por sacerdotes para apaziguar vários deuses e deusas. Os antigos egípcios também se preocupavam em se preparar para a vida após a morte durante suas vidas na Terra.



Eles acreditaram que oKa, ou alma humana, não poderia sobreviver na vida após a morte sem seu corpo (National Gallery of Art, 2015). Os sacerdotes do antigo Egito tinham a tarefa de conduzir a mumificação para preservar os cadáveres. Tumbas grandes conhecidas comopirâmidesforam erguidos para Faraós falecidos para preservar seus corpos e pertences, para que eles pudessem usá-los na vida após a morte. Conforme descrito emGilgamesh, Enkidu e o Netherworld, o povo da Mesopotâmia também teve o cuidado de se preparar para a vida após a morte (Brisch et al., 2008). Além disso, enterravam os cadáveres em potes de cerâmica que depois eram colocados em escavações, depois de os cobrirem com esteiras ou tapetes.

Conclusão

As civilizações da antiga Mesopotâmia e Egito prosperaram devido aos longos rios que surgiram em suas terras. Os seres humanos se estabeleceram ao longo do rio Nilo, no antigo Egito, e perto dos rios Eufrates e Tigre, na Mesopotâmia, para se beneficiarem da terra fértil enriquecida com lodo. No entanto, havia diferenças políticas, religiosas e culturais significativas entre essas duas civilizações que foram pioneiras na formação de comunidades humanas.

Publicações Populares

Diferença entre episcopal e católica

Episcopalian vs. Católico Episcopalians e católicos são muito parecidos e às vezes difíceis de distinguir uns dos outros. Como alguns de vocês devem saber, a palavra



Diferença entre ganhos e receita

Lucro vs. receita Para o indivíduo médio, ganhos e receitas podem ter o mesmo significado. Eles são freqüentemente usados ​​como sinônimos na língua falada e na literatura.

Diferença entre poligamia e bigamia

Poligamia vs Bigamia Pode-se achar fácil definir os termos 'poligamia' e 'bigamia' olhando claramente seus prefixos. É porque se você literalmente

Diferença entre AHA e BHA

AHA vs. BHA Quando se trata de exfoliação da pele, o AHA é muito popular, mas o BHA parece estar ganhando popularidade. AHA significa Alpha Hydroxy Acids, enquanto BHA

Diferença entre adrenalina e noradrenalina

Adrenalina vs Noradrenalina Existem várias coisas que são conhecidas por nomes diferentes, mas são mais ou menos iguais. O mais confuso é que

Diferença entre UMTS e HSDPA

UMTS vs. HSDPA O Universal Mobil Telecommunications System (também conhecido como UMTS) é uma tecnologia de telecomunicações de terceira geração (ou 3G) para dispositivos móveis