Diferenças entre Barragem e Reservatório

Represas e reservatórios são recursos feitos pelo homem que são construídos para ajudar as pessoas com água abastecimento, que é usava para vários fins. Várias represas e lagos ao redor do mundo impactaram significativamente as vidas das pessoas que vivem ao redor dessas características físicas. No entanto, é importante destacar que muitas pessoas não sabem a diferença entre uma barragem e um reservatório. Este roteiro tem como objetivo demonstrar as diferenças significativas entre barragens e reservatórios.

  • O que é uma barragem?

    Diferenças entre Barragem e Reservatório



Uma barragem se refere à barreira estrutural que é construída através de um rio ou um vale com o objetivo de impedir o fluxo de água. Isso faz com que a água se acumule atrás da parede, após o qual é permitido transbordar após atingir uma certa altura da barragem. Algumas das maiores barragens do mundo, que atuaram como barreiras para vários rios e vales ao redor do globo, incluem Daniel Johnson Dam no Canadá, Robert-Bourassa Dam no Canadá, Guri Dam na Venezuela, Bratsk Dam na Rússia e Kariba Dam no Zimbábue, entre outros.

  • O que é um reservatório?

    Diferenças entre Barragem e Reservatório-1

Um reservatório é o grande corpo de água que se forma atrás de uma parede construída através de um rio ou um grande vale. Em alguns casos, o reservatório acumula grandes quantidades para formar um lago feito pelo homem. Alguns dos principais reservatórios do mundo incluem o reservatório de Bratsk atrás da barragem de Bratsk na Rússia, o lago Volta atrás da barragem de Akosombo e o lago Guri atrás da barragem de Guri.



Diferenças entre Barragem e Reservatório

  1. Aspecto Físico da Barragem e Reservatório

Uma das principais diferenças entre uma barragem e um reservatório é a diferença física, que está especificamente ligada à sua definição. Uma barragem aparece como uma parede que é construída através do rio ou vale, o que garante que a água se forme atrás da parede construída. É, portanto, claro que uma barragem é construída principalmente com o uso de concreto misturado com água e reforçado com aço para evitar que a água passe enquanto ao mesmo tempo, permitindo que a água transborde depois que a água se acumula até uma certa altura. Por outro lado, o reservatório é a água que se acumula atrás da barragem construída, que às vezes se transforma em um dos maiores lagos do mundo.

  1. Impactos ecológicos na barragem e reservatório



A outra diferença entre uma barragem e um reservatório são os impactos que eles têm na ecologia das regiões onde são construídos. Os impactos ecológicos causados ​​quando uma barragem e um reservatório são construídos dentro de uma determinada região não são bem-vindos e, em sua maioria, enfrentam a rejeição dos locais e outros órgãos de preservação ambiental. A construção de uma barragem interfere na vida de criaturas aquáticas como peixes, que estão obstruídos, e seus migração de um lugar para outro através do rio é impedido. Além disso, impedir o fluxo de água altera os níveis de oxigênio, fazendo com que as criaturas que vivem na água experimentem condições hostis. Por outro lado, o desenvolvimento de um reservatório leva ao deslocamento de pessoas, deslocando-os de um local para outro, o que distrai a ordem social e as práticas culturais entre as pessoas.

  1. Usos de Barragens e Reservatórios

A outra diferença que prevalece entre barragens e reservatórios são seus usos. Barragens são usadas para criar locais para geração hidrelétrica, fornecendo, assim, pessoas do entorno e outras indústrias elétricas confiáveis poder consequentemente melhorando os padrões de vida entre as pessoas. Por outro lado, os reservatórios que ficam atrás das barragens construídas são vitais porque fornecem água suficiente para o consumo enquanto o excesso de água pode ser usado para fins agrícolas. É importante destacar que a maioria das barragens e reservatórios construídos em todo o mundo têm fornecido eletricidade e água suficientes para consumo e fins agrícolas para as pessoas que vivem nas cidades. Portanto, é importante destacar que, apesar de barragens e reservatórios serem projetos controversos, eles têm impactos significativos nas condições econômicas de uma região.

  1. Transporte e atração turística

Além disso, há uma diferença no papel de uma barragem e um reservatório dentro das regiões onde estão situados. Muitas pessoas usam as barragens porque facilitam o movimento de pessoas de uma região para outra. Vale ressaltar que os reservatórios acumulam grandes volumes de água com grande profundidade que podem abrigar navios de cruzeiro e navios de carga. Esses corpos d'água oferecem meios de transporte eficientes para a população da região, reduzindo o congestionamento das estradas e a poluição ambiental. Por outro lado, as barragens são locais de atração turística. Muitas pessoas já viajaram por diversos países para presenciar as enormes barragens construídas pelo homem, o que os surpreende, pela força e capacidade do ser humano na hora de construir. O turismo é uma excelente fonte de renda porque fornece moeda estrangeira e, ao mesmo tempo, oferece oportunidades de emprego para os habitantes locais.

Tabela que mostra as diferenças entre barragem e reservatório

Barragem Reservatório
Aparência física Parede construída através de um rio ou vale Água se acumulando atrás da barragem
Impactos Ecológicos Impede a migração de peixes Causa deslocamento de pessoas
Usos de Barragens e Reservatórios



Geração da eletricidade Abastecimento de água para consumo e agricultura
Atração turística e transporte É um local de atração turística Facilita o transporte aquático

Resumo da Barragem e Reservatório

  • Barragens e reservatórios são características impressionantes que são construídas com o objetivo de melhorar as condições prevalecentes em uma determinada região.
  • Muitas regiões do mundo carecem de água essencial para o consumo humano e animal. Além disso, outras áreas carecem de água para a produção agrícola devido à seca e à falta generalizada de chuvas. Represas e reservatórios são construídos nessas áreas para fornecer água para consumo humano e animal e produção agrícola.
  • A produção de energia hidrelétrica nas barragens construídas é um aspecto importante, pois auxilia no crescimento geral de uma determinada região. As indústrias são abastecidas com um suprimento suficiente e barato de eletricidade para fins de produção.
  • No entanto, a construção de represas e reservatórios tem suas desvantagens porque perturbam o ambiente aquático, tornando-o difícil para as criaturas marinhas, ao mesmo tempo conduzindo para o deslocamento de um grande número de pessoas.

Publicações Populares

Diferença entre extremismo e terrorismo

Comparar forças radicais e ideologias é a essência de encontrar a diferença entre extremismo e terrorismo. O extremista define ideologias específicas antes

35 roupas de estilo de rua perfeitas para todos os cenários de trajes de festa

Reunimos 35 roupas elegantes para usar em todos os tipos de reuniões de férias, de festas de escritório a drinques com amigos.

O que fazer e o que não fazer em maiôs!



O que fazer e o que não fazer em maiôs!

Como você descobre as vendas? Aqui estão alguns ajudantes úteis para encontrar vendas.

Eu não me canso da emoção de encontrar algo que eu queria totalmente, por menos. E só depois da empolgação de descobrir meus itens essenciais à venda é ser o primeiro a entrar no negócio! Eu sei que vocês, amantes da moda, sabem exatamente o que quero dizer, então estou passando alguns truques para encontrar exatamente o que você quer (não é necessário vasculhar as latas de vendas). Continue lendo sobre o sonho de um comprador na forma de um site.

Shailene Woodley revela que estava 'muito, muito doente' durante as filmagens de filmes divergentes

Em uma nova entrevista, Shailene Woodley revelou que ela estava 'muito, muito doente' em seus vinte e poucos anos enquanto filmava os filmes 'Divergentes'.

Diferença entre PAD e PVD

Conceitos indefinidos: desvendando as interpretações da doença vascular periférica (PVD) e doença arterial periférica (DAP) Quando entramos no em constante mudança